Como podemos ajudar?

É um programa de indicação de empresas e pessoas para a contratação da máquina de pagamento eletrônico SafraPay e serviços do Banco Safra. O Autônomo SafraPay realiza o seu cadastramento pelo site www.safrapay.com.br/autonomo. Sendo aprovado, poderá indicar pessoas (física ou jurídica) que necessitam contratar uma máquina para processar pagamentos eletrônicos, a SafraPay. Caso suas indicações sejam aprovadas, e de acordo com o volume de vendas realizado nos primeiros 40 dias pelo cliente indicado na máquina SafraPay, o Autônomo pode receber prêmios em dinheiro.
O Autônomo é uma pessoa jurídica que manterá parceria com o Banco Safra para indicar a SafraPay para pessoas (Pessoa Física e Jurídica) que tenham interesse em contratar a máquina.
Observação: O Autônomo SafraPay não possui relação de emprego com o Conglomerado Safra e trabalha com total autonomia.
Ser um Autônomo SafraPay é fácil. O participante que se inscrever no programa tem autonomia para indicar empresas e pessoas quando e onde quiser.
A cada cliente indicado (pessoa física e jurídica) que contratar a SafraPay, de acordo com o volume de vendas realizadas na máquina no período de 40 dias, o Autônomo receberá um prêmio (vide tabela):
Exemplo: Caso o cliente indicado contrate a SafraPay e tenha vendas acima de R$ 100.000,01 nos primeiros 40 dias transacionais pela máquina SafraPay, o Autônomo SafraPay recebe o valor de R$ 1.500,00 como prêmio pela indicação.

Veja abaixo as faixas de premiações:

TAMANHO DO CLIENTE

VENDAS NO PERÍODO DE ATIVAÇÃO *

AUTÔNOMO SAFRAPAY

VALOR PAGO
Acima de R$ 100.000,01/mês R$ 1.500,00
de R$ 50.000,01 a R$ 100.000,00/mês R$ 1.200,00
de R$ 30.000,01 a R$ 50.000,00/mês R$ 1.000,00
de R$ 20.000,01 a R$ 30.000,00/mês R$ 800,00
de R$ 15.000,01 a R$ 20.000,00/mês R$ 700,00
de R$ 10.000,01 a R$ 15.000,00/mês R$ 600,00
de R$ 7.000,01 a R$ 10.000,00/mês R$ 500,00
de R$ 5.000,01 a R$ 7.000,00/mês R$ 400,00
de R$ 3.000,01 a R$ 5.000,00/mês R$ 300,00
de R$ 1.500,01 a R$ 3.000,00/mês R$ 200,00
* 40 dias da ativação da máquina.
O Autônomo SafraPay receberá os valores de seu prêmio na conta de pagamento do Banco Safra. Ao se tornar Autônomo SafraPay, você terá a isenção de taxa de abertura e manutenção dessa Conta Digital.
O cliente SafraPay indicado pelo Autônomo irá somar as suas vendas durante 40 dias. Após esse período, o Autônomo deverá emitir a Nota Fiscal de Serviço com o valor da premiação para o Banco Safra, que efetuará o pagamento do prêmio em até 30 dias corridos.
Sim, e para tal será necessário possuir uma Inscrição Municipal, ou seja, CCM (Cadastro do Contribuinte Mobiliário) junto à prefeitura. Você terá as informações necessárias no Aplicativo Autônomo SafraPay ou consultando a prefeitura da sua cidade sobre a emissão de Nota Fiscal de Serviço.
Além de emitir notas fiscais de serviço, para ser um Autônomo SafraPay é necessário que uma das atividades cadastradas no seu CNPJ seja “Promotor de Vendas Independente”, ou seja, esteja enquadrado no CNAE 7319-0/02. Se você já é MEI e essa não seja uma de suas atividades, basta acessar o Portal do Empreendedor e fazer a inclusão. É simples e rápido.
Sim. Você, Autônomo SafraPay, poderá indicar tanto Pessoa Física (utilizando CPF), quanto Pessoa Jurídica (utilizando CNPJ).
Acesse o site www.safrapay.com.br/autonomo e clique no botão "Quero Ser um Autônomo". Em seguida, preencha os seus dados cadastrais e finalize o seu credenciamento pelo aplicativo Autônomo SafraPay. Assim que aprovado, confira o tutorial e materiais disponibilizados para apoiá-lo nas suas indicações.
O cadastro de todas as indicações deve ser feito pelo aplicativo Autônomo SafraPay. Nele, você preenche os dados do cliente indicado e escolhe o tipo de máquina e pacote de serviços. Assim que o Autônomo SafraPay finalizar o credenciamento, o cliente indicado receberá um SMS e e-mail que o direcionará a uma página para a conclusão do pedido da máquina SafraPay.

Basta então o cliente indicado conferir os dados da proposta (dados cadastrais , endereço de entrega, máquina solicitada, pacote de serviços e plano de recebimento), preencher os dados de cartão de crédito (utilizado para validação cadastral) e aceitar o Termo de Adesão da contratação.
Assim que você finalizar o credenciamento, o cliente indicado receberá um SMS e um e-mail que o direcionará a uma página para a conclusão do pedido da máquina SafraPay. Basta ele conferir os dados da proposta (dados cadastrais, endereço de entrega, máquina solicitada, pacote de serviços e plano de recebimento), preencher os dados de cartão de crédito (utilizado para validação cadastral e para a cobrança de R$ 100,00, caso não atinja o volume mínimo de vendas nos 40 primeiros dias) e aceitar o Termo de Adesão da contratação.
Não exitem taxas de abertura e manutenção da conta. Serviços adicionais podem ser cobrados. Se preferir, poderá contratar um dos pacotes mensais de serviços, é só escolher o que mais combina com o seu negócio.
O Aplicativo Autônomo SafraPay é a ferramenta que disponibilizamos para pessoas interessadas em uma renda extra, indicarem a SafraPay para comércios ou profissionais liberais e ser premiado financeiramente por isso. O Autônomo SafraPay pode realizar o seu próprio cadastro, realizar indicações de empresas e pessoas que queiram contratar uma máquina de pagamento eletrônico, a SafraPay, conhecer mais sobre as soluções SafraPay e acompanhar as suas indicações e premiações, tudo pelo aplicativo.

O Aplicativo pode ser baixado no smartphone ou tablet, nas lojas Google Play para modelo Android versão 5.0 ou superior e App Store para modelos iOS.
O Autônomo SafraPay pode indicar as máquinas SafraPay sem bobina GPRS, SafraPay móvel sem bobina 3G e SafraPay móvel com bobina 3G. Importante atentar-se aos faturamentos mínimos que dão direito à SafraPay grátis, de acordo com cada modelo de máquina SafraPay no momento da sua indicação.
Além de não pagar aluguel ou qualquer valor pela máquina, com a SafraPay a empresa ou a pessoa indicada terá taxa zero na MDR para as vendas realizadas no cartão de crédito à vista e parcelado, limitados a R$ 50 mil de vendas totais mensais na máquina SafraPay (vendas com cartão de débito, crédito à vista e parcelado). Caso ultrapasse este valor, são cobradas as seguintes taxas: 3,02% no crédito à vista e 3,75% no crédito parcelado, respeitado o valor mínimo de MDR de R$ 0,40 por transação. Para as vendas realizadas no cartão de débito, a taxa é de 1,85%, respeitado o valor mínimo de MDR de R$ 0,40 por transação.

A SafraPay oferece ainda chip 2G/3G com pacote de dados grátis, suporte 24 horas por dia, 7 dias por semana, segurança em todas as suas transações e Conta Digital Safra grátis e Cartão Empresarial Safra grátis. Tudo isso com a qualidade do Banco Safra.
Os dados informados são tratados conforme previsto na legislação vigente; a partir deles, é realizada uma análise de viabilidade cadastral e comportamental para adequação da melhor oferta ao perfil do cliente indicado. Isso permite a aprovação final da solicitação ou não.
Os dados informados são tratados conforme previsto na legislação e regulamento vigentes. A partir deles, é realizada uma análise de viabilidade cadastral e comportamental. Isso permite ou não a aprovação final da solicitação de cadastro.
Além de não pagar aluguel ou qualquer valor pela máquina, com a SafraPay a empresa ou a pessoa indicada terá taxa zero na MDR para as vendas realizadas no cartão de crédito à vista e parcelado, limitados a R$ 50 mil de vendas totais mensais na máquina SafraPay (vendas com cartão de débito, crédito à vista e parcelado). Caso ultrapasse este valor, são cobradas as seguintes taxas: 3,02% no crédito à vista e 3,75% no crédito parcelado, respeitado o valor mínimo de MDR de R$ 0,40 por transação. Para as vendas realizadas no cartão de débito, a taxa é de 1,85%, respeitado o valor mínimo de MDR de R$ 0,40 por transação.

A SafraPay oferece ainda chip 2G/3G com pacote de dados grátis, suporte 24 horas por dia, 7 dias por semana, segurança em todas as suas transações e Conta Digital Safra grátis e Cartão Empresarial Safra grátis. Tudo isso com a qualidade do Banco Safra.
Sim. O cliente indicado não precisa mais comprar ou pagar aluguel pela máquina para vender com cartão (débito e crédito) e vouchers. Para isso, ela terá que atingir o volume mínimo de vendas determinado por máquina:
  • R$ 2.000,00 / mês para a SafraPay sem bobina GPRS.
  • R$ 5.000,00 / mês para a SafraPay móvel sem bobina 3G.
  • R$ 7.000,00 / mês para a SafraPay móvel com bobina 3G.
Assim que a máquina for instalada, a empresa ou a pessoa indicada terá um período de 40 dias corridos para atingir o volume mínimo de vendas. Caso o volume mínimo de vendas não seja atingido, ocorrerá o débito de R$ 100,00. Se a empresa ou pessoa indicada atingir o faturamento mínimo nos primeiros 40 dias, a máquina não será retirada e a taxa não será cobrada. Nos meses seguintes, caso não atinja o faturamento, a máquina poderá ser retirada.
As transações de crédito à vista e parcelado têm Taxa Zero até os primeiros R$ 50 mil de vendas totais mensais (considerando as transações de débito, crédito à vista e crédito parcelado, excluídos os vouchers), realizados na máquina SafraPay. Caso ultrapasse este valor, serão cobradas as taxas de 3,02% para crédito à vista e 3,75% para crédito parcelado, respeitado o valor mínimo de MDR de R$ 0,40 por transação. As transações de Débito estão sujeitas à cobrança da taxa de 1,85%, respeitado o valor mínimo de MDR de R$ 0,40 por transação.

Para Antecipação de Recebíveis das transações de crédito à vista é cobrada adicionalmente a taxa de antecipação de 4,50% ao mês, e para o crédito parcelado a taxa de antecipação de 4,90% ao mês, de acordo com o prazo médio de recebimento. Esta modalidade está sujeita à análise e aprovação do Banco Safra.
Vouchers são cartões de benefício disponibilizados pelos empregadores aos funcionários para a compra de produtos específicos. Todas as máquinas da SafraPay aceitam vouchers das bandeiras Alelo, Sodexo, Ticket, VR, UP, Policard, Planvale e Vale Mais. A captura de voucher conforme norma específica é permitida exclusivamente a empresas com Pessoa Jurídica constituída (CNPJ), nos ramos de alimentação e refeição.
Não. No momento, a SafraPay não faz recarga de celulares.
Sim, é possível vender no modo Crédito Parcelado com a SafraPay. As vendas obedecem o limite estipulado pelo emissor do Cartão de Crédito.
A SafraPay aceita as principais bandeiras do mercado.
Para Crédito e Débito: Mastercard, Visa, Elo, Sorocred e Cabal;
Apenas Crédito: Amex, Hipercard e Hiper;
Para quem tem CNPJ ativo nas áreas de alimentação e refeição, são aceitos os vouchers: Alelo, Sodexo, Ticket e VR.
Sim. As máquinas modelos SafraPay móvel com bobina 3G (Ingenico Move 5000 ou PAX S920) e SafraPay móvel sem bobina 3G (Ingenico Link 2500) possuem tecnologia de venda por aproximação.
No momento em que você adquire a SafraPay, é aberta para o cliente indicado uma Conta Digital no Banco Safra, com isenção da taxa de abertura e manutenção de conta. Os recebíveis serão depositados nesta conta.
Não existem taxas de abertura e manutenção da conta. Serviços adicionais podem ser cobrados. Se preferir, o cliente indicado poderá contratar um dos pacotes mensais de serviços, é só escolher o que mais combina com o negócio.
Os valores das tarifas de serviços podem ser verificados na Tabela de Tarifas do Banco Safra: Clique aqui
O débito irá ocorrer todo dia 05 do mês vigente para contas Pessoa Jurídica e todo 1º dia útil do mês vigente para Pessoa Física diretamente em sua Conta Digital.
Enviar TED para qualquer Conta e Receber TED de mesma titularidade; Transferências entre Contas; Pagamentos de qualquer natureza (Boletos, Tributos, Contas de Consumo); e Cadastramento de Débito Automático / DDA.
Sim. A Conta Digital permite transferências entre contas. Os valores das tarifas de serviços podem ser verificados na Tabela de Tarifas do Banco Safra: Clique aqui
Sim. Depois de instalada a máquina SafraPay, o cliente indicado recebe o Cartão de Débito Safra Empresas, sem qualquer mensalidade ou anuidade.
Em caso de dúvidas, acionar:
  • Atendimento online Autônomo (MEI)
  • Atendimento online Produtos SafraPay
Sim. O cliente indicado não precisa mais comprar ou pagar aluguel pela máquina para vender com cartão (débito e crédito) e vouchers. Para isso, ela terá que atingir o volume mínimo de vendas determinado por máquina:
  • R$ 2.000,00 / mês para a SafraPay sem bobina GPRS.
  • R$ 5.000,00 / mês para a SafraPay móvel sem bobina 3G.
  • R$ 7.000,00 / mês para a SafraPay móvel com bobina 3G.
Assim que a máquina for instalada, a empresa ou a pessoa indicada terá um período de 40 dias corridos para atingir o volume mínimo de vendas. Caso o volume mínimo de vendas não seja atingido, ocorrerá o débito de R$ 100,00. Se a empresa ou pessoa indicada atingir o faturamento mínimo nos primeiros 40 dias, a máquina não será retirada e a taxa não será cobrada. Nos meses seguintes, caso não atinja o faturamento, a máquina poderá ser retirada.
O cartão de crédito é utilizado para confirmar a solicitação da SafraPay. É também uma forma de evitar fraudes, já que toda a análise cadastral está atualizada em um cartão de crédito válido. O cartão de crédito só será utilizado caso o volume mínimo de vendas não seja atingido. Nesse caso, ocorrerá o débito de R$ 100,00 referente ao não cumprimento do volume mínimo de faturamento. Lembrando que o cliente indicado terá 40 dias após a instalação para atingir o volume mínimo de vendas.
As transações de crédito à vista e parcelado têm Taxa Zero até os primeiros R$ 50 mil de vendas totais mensais (considerando as transações de débito, crédito à vista e crédito parcelado, excluídos os vouchers), realizados na máquina SafraPay. Caso ultrapasse este valor, serão cobradas as taxas de 3,02% para crédito à vista e 3,75% para crédito parcelado, respeitado o valor mínimo de MDR de R$ 0,40 por transação. As transações de Débito estão sujeitas à cobrança da taxa de 1,85%, respeitado o valor mínimo de MDR de R$ 0,40 por transação.

Para Antecipação de Recebíveis das transações de crédito à vista é cobrada adicionalmente a taxa de antecipação de 4,50% ao mês, e para o crédito parcelado a taxa de antecipação de 4,90% ao mês, de acordo com o prazo médio de recebimento. Esta modalidade está sujeita à análise e aprovação do Banco Safra.
Você escolherá o prazo de liquidação para 1 ou 30 dias para as vendas no crédito à vista ou parcelado. A partir do prazo escolhido, incidirá a Taxa de Antecipação de 4,50% para o crédito à vista e 4,90% ao mês para o crédito parcelado, calculada de acordo com o prazo médio das suas vendas. O prazo médio de pagamento é calculado de acordo com o total de parcelas da venda realizada. A modalidade está sujeita à análise e aprovação.
Caso o volume mínimo de vendas dos 40 primeiros dias não seja atingindo, ocorrerá o débito de R$ 100,00 no cartão de crédito, referente ao não cumprimento do volume mínimo de faturamento.
Se o cliente indicado atingir o volume de vendas nos primeiros 40 dias, o valor de R$ 100,00 não será cobrado. Nos meses seguintes, caso não atinja o faturamento, a máquina poderá ser retirada.
É a taxa cobrada sobre cada venda realizada pelo estabelecimento.
MEI significa Microempreendor Individual - o tipo mais simples de empresa, tornando-o um profissional autônomo. Quando você se cadastra como MEI, passa a ter CNPJ e inúmeras vantagens sem custos ou burocracia.
Antes de começar, tenha em mãos:
  • Documentos pessoais (RG e CPF).
  • Endereço completo.
  • Número do recibo da Declaração de Imposto de Renda da Pessoa Física dos últimos 2 anos. Se não fez a declaração, basta o número do Título de Eleitor.
Passo a passo para se tornar um MEI:
1. Acessar o Portal do Empreendedor via http://www.portaldoempreendedor.gov.br/, clicar em "Formalize-se". Você será direcionado para o Portal gov.br.
2. Clicar em "Crie sua conta" e preencher seus "Dados Pessoais": CPF, Nome, Telefone e E-mail.
3. Validar seus dados pessoais por meio da confirmação de data de nascimento e nome da mãe.
4. Selecionar o envio da senha de acesso por SMS. Após recebê-la, informar o número e validar o seu cadastro. A primeira etapa está concluída e sua senha estará cadastrada com sucesso.
5. Você será redirecionado automaticamente ao Portal do Empreendedor, onde deve assinar o termo de autorização de uso de dados.
6. Preencher seus dados pessoais, como documento de identidade e telefone.
7. Confirmar seu acesso via SMS Token.
8. Incluir n° do recibo do IRPF (10 dígitos) ou do título de eleitor, caso não tenha feito a declaração nos últimos 2 anos.
9. Depois da inclusão do recibo, informar o valor do capital social*.
10. Incluir a atividade Promotor de Vendas Independente, cujo o CNAE é 7319-0/02 - Promoção de Vendas.
11. Após a finalização do processo no site, é confirmada a sua formalização como MEI, gerando um número de CNPJ e o CCMEI - Certificado de Condição do Microempreendedor Individual.
* Capital social é o valor necessário para iniciar as atividades da nova empresa – ou seja, o valor investido para o negócio funcionar, o que inclui bens materais e/ou finaneiros, como computador, material de escritório etc. Não existe uma importância mínima ou máxima de Capital Social para o MEI.
Todo o processo é gratuito, isento de qualquer tarifa ou taxa.
Você não paga nada para relizar a inscrição como MEI, mas terá como dever o pagamento mensal do DAS-MEI, que consiste em 5% do salário mínimo vigente para a Previdência Social (INSS), acrescido de R$ 5,00 de ISS no caso de prestadores de serviço ou R$ 1,00 de ICMS para comércio e indústria. O pagamento desses valores é feito todo dia 20 por meio do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS), que pode ser gerado e impresso pelo Portal do Empreendedor.

Além do pagamento da DAS-MEI, todo ano o MEI deve declarar seu valor de faturamento. Essa declaração deverá ser feita até o último dia do mês de maio de cada ano, também pelo Portal do Empreendedor.
Sim, é possível exercer uma atividade principal e até 15 atividades secundárias. Lembre-se de que o Autômomo SafraPay deve exercer como uma das atividades a de “Promotor de Vendas Independente”, ou seja, estar enquadrado no CNAE 7319-0/02. Caso você já seja MEI e essa não seja uma de suas atividades, basta acessar o Portal do Empreendedor e fazer a inclusão. É simples e rápido.
A formalização traz muitos benefícios para o Microempreendedor Individual (MEI), como:
  • Direito a afastamento remunerado por problemas de saúde.
  • Aposentadoria.
  • Cobertura da Previdência Social.
  • Direito a auxílio maternidade.
  • Isenção de tributos federais.
  • Dispensa de formalidades como escrituração fiscal e contábil.
  • Traz também vantagens para a família do MicroEmpreendedor, como benefícios previdenciários como pensão por morte.
Benefícios para o MEI Pessoa Física: cobertura da Previdência Social e, com isso, ter direito a benefícios da aposentadoria por idade e invalidez, auxílio doença e salário maternidade.
Alguns cuidados para a gestão do seu negócio:
  • Emissão de notas fiscais: será necessário a emissão das notas fiscais de serviço para receber prêmios como Autônomo SafraPay.
  • Se você faturar até R$ 81.000,00 no prazo de 1 ano, está isento do recolhimento de imposto como Pessoa Jurídica. Para faturamentos superiores, é preciso fazer o enquadramento da sua empresa em uma nova categoria.
  • Além de você, é possível ter mais um colaborador. Verifique as condições.
  • Pagamento mensal da DAS-MEI.
O último passo para formalizar sua MEI e se tornar apto a emitir Nota Fiscal de Serviço é fazer sua Inscrição Municipal junto à prefeitura de sua cidade. Cada prefeitura possui seu próprio procedimento e leva até 30 dias para que a inscrição, isto é, seu CCM (Cadastro do Contribuinte Mobiliário) esteja válido – o prazo varia conforme o município, bem como regras sobre emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica ou Tradicional.

Para a prefeitura de São Paulo (capital), siga os passos abaixo:
1. Acessar o site da prefeitura para realizar o cadastro com as informações da empresa (dados básicos, responsável legal, endereço, e-mail e telefone).
2. Após o cadastro, solicitar acesso à Senha Web e imprimir documento (Clicar em "Imprimir" e guardar sua documentação para atendimento).
3. Com a Senha Web em mãos, além dos documentos básicos, agendar atendimento presencial.
4. Após atendimento presencial e inscrição no CCM já é possível emitir Nota Fiscal de Serviço.
5. Para outras cidades, se informe junto à prefeitura. Venha ser um Autônomo SafraPay.

Você pode entrar em contato com a SafraPay a qualquer hora.

Autônomo SafraPay conta com atendimento especializado. De Segunda a Sexta-feira das 8h às 20h.

Fale conosco pelo Chat e tire todas as suas dúvidas

Autônomo SafraPay conta com atendimento especializado. De Segunda a Sexta-feira das 8h às 20h.

(11) 3175-8248
Capital e Grande São Paulo
0300 015 7575
Demais Localidades

Segunda a Sexta-feira das 8h às 20h.