Usamos cookies para melhorar sua navegação. Saiba mais em nosso Portal de Privacidade. Ao clicar em "Aceitar cookies", você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Mas, se preferir, escolha rejeitar.

Gerenciar cookies Aceitar cookies

Gestão e Negócios

Gestão de equipe: tudo o que você precisa saber na hora de liderar uma empresa

Ter líderes habilidosos e equipes bem gerenciadas resulta em maior produtividade, colaboração eficiente e alcance de metas.

Imagem de um grupo de pessoas em uma reunião.
Ter líderes habilidosos e equipes bem gerenciadas resulta em maior produtividade, colaboração eficiente e alcance de metas Crédito: Getty Images

Por trás de uma equipe bem organizada e produtiva, há um grande líder. Você já ouviu isso? Saber liderar um time é um desafio e tanto, por isso é preciso desenvolver diversas habilidades, não somente técnicas como comportamentais, para saber lidar com diferentes profissionais e desafios que surgem no dia a dia de uma companhia.

De acordo com uma pesquisa realizada nos Estados Unidos pela Gallup, cerca de 50% dos colaboradores se demitem por causa do gestor. Diante desse percentual, é possível mensurar o impacto que a má liderança tem em uma empresa. No entanto, esse número pode ser reduzido com a capacitação e melhor desenvolvimento dos líderes no mercado de trabalho.

O que é um líder?

Em síntese, um líder tem a habilidade de influenciar as pessoas, mantendo-as engajadas e interessadas no que ele diz. Além disso, um bom líder coloca os seus colaboradores no centro e, consequentemente, vê os resultados e produtividade se desenvolverem.

Em outras palavras, liderar pessoas é saber conquistá-las e cativá-las, para que trabalharem de forma efetiva. Para isso, é necessário conhecimento técnico, além de uma série de soft skill, como: boa comunicação, empatia, inteligência emocional e colaboração.

Assim, um bom líder consegue gerir uma equipe com qualidade, tornando-se uma referência no ambiente de trabalho.

Quais são os perfis de liderança?

É possível elencar 6 diferentes tipos de líderes, são eles:

Democrático: Esse perfil prioriza a liberdade de expressão e opinião dos seus colaboradores, permitindo que eles contribuam ativamente em projetos e tarefas.

Dessa forma, o time sente-se acolhido, valorizado e ouvido, além de ter autonomia para tomar decisões. Isso pode ser muito positivo para todo o time, resultando em maior produtividade, satisfação e inovação. Por outro lado, é preciso estar atento e ser firme para não perder o controle.

Autocrático: Um líder autocrático pode não ser bem-visto entre os funcionários e, até mesmo, gerar grande insatisfação. No entanto, ele também deve ser listado, porque é possível encontrá-lo no mercado de trabalho. Entre os principais comportamentos desse perfil, deve-se ressaltar a valorização de apenas uma opinião: a do próprio líder, ou seja, trata-se do oposto ao democrático.

Com a centralização de poder, esse líder pode gerar uma equipe desmotivada, dependente e pouco interessada pelos resultados coletivos.

Coach: É muito provável que você já tenha tido contato com o termo “coach”, certo? Um líder que segue esse perfil, usa as práticas de coaching para liderar, incentivando cada colaborador a se autoconhecer e reconhecer seus pontos fracos e fortes.

Por mais que pareça um bom tipo de liderança, é importante ter em mente que o autoconhecimento não acontece do dia para a noite, portanto, o efeito dessa gestão não será visto a curto prazo. No entanto, os resultados serão: uma equipe e ambiente de trabalho mais saudáveis, maior desenvolvimento de soft skills e melhores relacionamentos entre os colaboradores.

Liberal: Se você é do tipo que gosta de dar autonomia a sua equipe ou prefere líderes que oferecem independência aos colaboradores, o perfil liberal pode ser o seu favorito, já que essa é a principal característica dele.

Cada integrante do time tem liberdade para se autogerir e realizar as suas funções, sem a pressão do microgerenciamento e da constante supervisão. Com isso, os funcionários se desenvolvem melhor, mas é necessário cuidado para que eles não se sintam perdidos ou desamparados.

Servidor: De forma simples, esse tipo de líder coloca o bem-estar da equipe em primeiro lugar. Para isso, ele deve ser empático e conhecer bem cada integrante do seu time, a fim de entender suas dores e comportamentos.

Os colaboradores que possuem um líder servidor sentem-se menos pressionados, acolhidos e confiantes. Por esse motivo, podem ter maior desejo em ver a empresa prosperar e alcançar resultados. Por outro lado, é necessária maior convivência e interação com a equipe, o que pode levar tempo.

Flexível: A cada situação, o líder se comporta de forma distinta. Esse é o principal traço desse perfil. Por isso, é possível considerá-lo altamente transitivo e inovador, sempre disposto a mudar para tomar a melhor decisão em relação a um projeto ou situação. Sem dúvidas, a equipe se beneficia com esse líder, já que podem surgir sempre novas estratégias.

Tenha uma Maquininha SafraPay

Aceite pagamentos por cartão de crédito, débito, voucher e Pix. Receba as vendas na hora com taxa de 0,99%

Quero ser SafraPay

Qual a importância de ser um bom líder?

Agora que você já conhece os diferentes perfis de liderança, é notável que cada um deles gera consequências positivas e negativas ao time. Para evitar a queda de produtividade e mal-estar da equipe, é essencial conhecê-los e entender como o comportamento como líder pode afetá-los.

Caso note que há atitudes que prejudicam a equipe, pode ser a hora de revê-las e, até mesmo, mudá-las. Um bom líder sabe o momento de mudar e evoluir, livrando-se de comportamentos que o tornam um gestor ruim. Esse processo de autoavaliação é fundamental para evitar colaboradores insatisfeitos, pouco engajados e com desejo de deixar a empresa.

Tenha em mente: uma boa liderança é uma das peças mais importantes para o bom funcionamento e o crescimento de um negócio, uma vez que é isso que mantém um time ativo e confiante.

Quais os desafios de ocupar um papel de liderança?

Há um extenso caminho a percorrer para se tornar um líder exemplar, contudo isso é possível se você souber encarar os seguintes desafios:

  • Entender o seu papel na equipe e a responsabilidade atrelada ao cargo de liderança.

  • Saber gerir o tempo e usá-lo para aperfeiçoar as habilidades técnicas e comportamentais.

  • Investir no aperfeiçoamento da equipe, muitas vezes, dando mais autonomia, liberdade e responsabilidade aos integrantes.

  • Enfrentar mudanças frequentes, sempre buscando diminuir os impactos negativos que elas podem gerar ao time.

  • Ter um bom relacionamento com cada integrante, mas sem perder a postura e imagem de gestor.

  • Ser exemplo para todo o time, o que ajudará a estreitar as relações e mantê-los motivados.

  • Saber organizar-se para reduzir a pressão e o estresse no dia a dia quando surgem imprevistos e desafios. Uma equipe preparada sofre menos com situações inesperadas.

Como melhorar o seu posicionamento como líder?

É possível listar 7 dicas para ajudá-lo a melhorar as suas habilidades como liderar. Confira a seguir!

  1. Continue estudando e dedicando-se a capacitação técnica;

  2. Desenvolva a sua habilidade comunicacional;

  3. Invista em momentos de autoconhecimento e autoavaliação;

  4. Treine a adaptabilidade, sempre pensando em planos alternativos e sendo flexível em diferentes situações.

  5. Saiba delegar, a fim de reduzir suas tarefas e treinar novos colaboradores para um dia terem responsabilidade maiores.

  6. Seja um grande motivador do seu time para melhorar o clima organizacional.

  7. Saiba separar a sua vida pessoal da profissional.

Ao colocar em prática essas dicas e saber lidar com os desafios que a liderança pode trazer, você estará evoluindo como líder, além de tornar o dia a dia da equipe mais leve e satisfatório.